O Bistrot de Paris é um bom exemplo de um tipo de restaurante que se encontra por todo lado em São Paulo. De um lado, um ambiente instagramável e um serviço atencioso. Do outro, uma seleção de bebidas e coquetéis ruins, um cardápio genérico e preços nas alturas.

O que deveria ser prioridade, a comida, é apenas uma atividade secundária.

Bistrot de Paris

Não visitava o Bistrot de Paris há anos e resolvi pedir o menu degustação de 5 etapas (R$ 268) para conhecer o que, em teoria, a casa anda preparando de melhor.

Ai. Ai.

salmão e pirarucu defumados

Iniciei com o salmão e pirarucu defumados com vinagrete de manga e creme azedo. Vinagrete pressupõe acidez, algo inexistente aqui. Salmão com manga? Não, obrigado.

foie gras com caldo de legumes clarificado

O foie gras com consommé de legumes tem foie sem tempero e parcialmente coberto em um caldo de legumes clarificado e sem gosto. Tanto o visual quanto o paladar remetem a uma carne submersa em água, como se para remover qualquer resquício de sabor. Não tem sentido algum.

quenelle de robalo

Na sequência, um prato dificilmente encontrado em Paris, a quenelle de robalo com molho bisque, cogumelo torneado e massa folhada. Predomina o gosto da farinha e ovo.

polvo grelhado

Outro prato nada parisiense, o polvo grelhado na páprica doce e servido com batatas e tiras de pimentão. A limitação técnica fica evidente no polvo borrachudo, os pimentões mal cortados e uma gororoba estranha de batatas. Feio e ruim.

coxa miúdos e magret de pato

Finalizo com o pato – magret, miúdos e coxa – com eryngui, pupunha e aspargos. É como se alguém tivesse estudado como fazer um pato e resolvesse executar da forma inversa. Coxa sobrecozida, miúdo seco e um magret ao mesmo tempo passado e com uma larga camada de gordura não renderizada. Mais um para a coluna feio e ruim.

sobremesas Bistrot de Paris

De sobremesa, mousse de chocolate, mil folhas, tarte tatin e sorvete de creme. Nada particularmente bem feito ou desastroso.

Bistrot de Paris

O Bistrot de Paris é agradável (embora o distanciamento social não seja ideal), especialmente na área externa. O suficiente para compensar uma cozinha ruim? De jeito nenhum.

Bistrot de Paris

Há lugares em São Paulo que entregam a experiência completa. Até ali na mesma vilinha.

Leia mais: Kazuo, nova casa especializada em comida asiática, é promissora.

Write A Comment