Foi-se o tempo onde bares de vinho tinham comida apenas para tapear a fome. Hoje São Paulo tem ótimos wine bars com bons vinhos e boa comida. É o caso do Clos Wine Bar, restaurante da chef Elisa Fernandes, ganhadora da primeira edição do Masterchef em 2014.

Clos Wine Bar

O lugar é super agradável. A construção descontraída – com muita madeira e tijolinhos – reflete bem o cardápio e a experiência do Clos.

jardim de legumes

Começamos com o jardim de legumes da estação com molho romesco (R$ 48). Sensacional. Técnica perfeita para cada ingrediente e um delicioso romesco, leve e extremamente saboroso.

mexilhão

Os mexilhões com batatas fritas (R$ 50) estão entre os melhores de São Paulo. Tenros, carnudos e cobertos por muita cebola, alho e um molho para tomar de colher.

gravlax

Outra ótima entrada, o gravlax de peixe curado com tomate confitado e salsa de tomate fermentado (R$ 54) tem sabor sutil e refrescante.

choux de creme de milho

Não me dei muito bem com o choux de creme de milho, pancetta crocante, picles de quiabo e salada (R$ 48). O bom choux é ofuscado pelo forte sabor defumando do creme de milho.

copa lombo

Dos pratos principais, fui de copa-lombo com cogumelos, batata na gremolata e redução de vinho (R$ 66). Não sou tão fã dos cogumelos aqui, mas o bom preparo da carne compensou.

E os vinhos?

Praticamente toda a carta de vinhos pode ser pedida em taça ou garrafa. Eles usam um aparelhinho chamado Coravin para tirar vinho de uma garrafa sem sacar a rolha.

Carta de vinhos Clos Wine Bar

Os preços da taça vão de R$ 28 a R$ 65.

Domaine Thillardon, 2018 Coup Double

Entre os vinhos, o que mais gostei foi o Domaine Thillardon 2018, Coup Double. Belo beaujolais.

Clos Wine Bar

Meu único feedback é em relação ao andar de baixo, onde o distanciamento social poderia ser melhor. O andar de cima é bem mais espaçoso.

Clos Wine Bar

Clos Wine Bar – Está recomendado!

Elisa Fernandes

Write A Comment