Demorei, mas finalmente fui conhecer o Metzi. E gostei bastante. Cozinha autoral, contemporânea e que, felizmente, passa longe do terrível tex-mex.

Os chefs Eduardo Ortiz e Luana Sabino (ele mexicano e ela brasileira) trabalharam e se inspiraram no badalado Cosme de Nova York para montar o Metzi. A ideia é parecida: cozinha mexicana que celebra ingredientes sazonais e brasileiros.

ostra com aguachile de uva

Começamos com as ótimas ostras com aguachile de uva (R$ 30). Pense no tradicional molho mignonette (cebola roxa com vinagre), aqui em versão com uvas. Super refrescante. Com um gelo embaixo teria sido ainda melhor.

crudo de pescado

Em seguida o crudo de pescado com aguachile verde de chile shishito e sal de formiga saúda da Amazônia (R$ 34). Leve e ótimo equilíbrio com o molho de pimenta shishito.

Aliás essa é a pimenta para quem não gosta de pimenta. Pouco picante e de sabor quase adocicado.

paloma de tequila

Acompanhou uma paloma (tequila e grapefruit – R$ 35). Achei bem razoável, especialmente por não gostar de tequila.

arroz a la tumbada, sofrito de mexilhão e camarão

Entre os pratos principais, o arroz a lá tumbada, sofrito de mexilhão e camarão (R$ 50) foi meu favorito. Prato tradicional da cidade de Veracruz, leva arroz branco cozido em um molho a base de frutos do mar e tomate. Encorpado e potente na medida certa.

pescado adobado

O pescado adobado com salsa sikil p’aak e ervas (R$ 50) não fica longe. Que molho espetacular! Esse é o tipo de prato que eu como com gosto pois não faço ideia de como replicar em casa.

Fui pesquisar e a base da salsa são sementes de abóbora. Muy bueno.

churros
churros

Finalizamos com o churros com cumaru e mousse de doce de leite (R$ 25). Sabe aquele churros de feira, massudo, envolto em 350 kg de açúcar e derramando doce de leite? É exatamente isso, só que ao contrário.

Deixo apenas dois pontos de feedback.

A música é bem alta e esquizofrênica, indo do Frank Sinatra a Anitta. E a música mexicana, que domina o playlist, é bem esquisita.

Por fim, a iluminação do salão interno poderia ser mais suave e aconchegante.

Enfim, comi muito bem no Metzi. Tudo é feito com muita técnica, valorizando ingredientes e sabores sem pecar pelo excesso. Recomendadíssimo.

Metzi
R. João Moura, 861 - Pinheiros, São Paulo - SP
(11) 98045-5022

leia mais: Picchi: entre os melhores restaurantes italianos de São Paulo

Write A Comment