Sake é minha bebida favorita. Seu sabor suave é incrivelmente versátil, conferindo ao sake a habilidade de harmonizar com praticamente todo tipo de gastronomia. Ou como eu faço frequentemente, sozinho.

No Japão o termo “sake” é usado para descrever bebidas alcoólicas em geral. O que conhecemos como a bebida é o “nihon-shu”. Nihon quer dizer Japão e shu quer dizer sake. Ou seja, bebida do Japão.

De forma resumida, sake é um fermentado de arroz, água e um fungo chamado koji. Entre as etapas de produção, uma das mais importantes é o polimento do arroz. Este processo remove proteínas, gorduras e minerais que prejudicariam o sabor final.

Geralmente 30% da parte externa de cada grão é removida. Quanto mais polido o arroz, mais refinado é o resultado. As principais classificações são as seguintes:

  • Honjozo: mínimo de 30% de polimento, com adição de álcool.
  • Junmai: sem polimento mínimo ou adição de álcool.
  • Ginjo: mínimo de 40% de polimento, com adição de álcool
  • Daiginjo: mínimo de 50% de polimento, com adição de álcool
  • Junmai Ginjo e Junmai Daiginjo: o mesmo do Ginjo e Daiginjo, mas sem a adição de álcool.

Poucas bebidas são tão limpas quanto o sake. Não são necessários preservativos como o sulfito que é encontrado no vinho. Além disso, o sake tem em torno de 30% da acidez de uma taça de vinho, sendo bem mais gentil com nossos estômagos.

Qual a pegadinha? Sake é caro…

Para quem ficou com vontade, aqui vão alguns dos meus favoritos (com preços aproximados).

Hakushika Josen Honjozo (R$ 110)

Hakushika Josen Honjozo

Sake de entrada, de sabor suave e neutro. Compre aqui.

Hakushika Kuromatsu Junmai Yodan Jikomi (R$ 250)

Hakushika Kuromatsu Junmai Yodan Jikomi

Tem a adição do arroz mochi, comumente usado para doces. O resultado é uma bebida aveludada e levemente adocicada. Incrível.

Nanbu Bijin Junmai Ginjo (R$ 350)

Nanbu Bijin Junmai Ginjo

Frutado e elegante, excelente.

Shirataki Junmai Daiginjo Jozen Blue Mizunogotoshi (R$ 500)

Shirataki Junmai Daiginjo Jozen Blue Mizunogotoshi

Altíssima qualidade, puro umami.

Linha Dassai Junmai Daiginjo (45, 39 e 23, R$ 375 a R$ 1.750)

Dassai 23

Entre as melhores marcas japonesas, os Dassai são lendários pela qualidade e sabor. Provar um Dassai 23 é um privilégio.

Resumindo, sake > vinho

Leia mais: Veja quais são os melhores restaurantes japoneses de São Paulo.

Write A Comment