Gosto do Henrique Fogaça. Acho ele original e carismático. Como chef, poderia ser melhor. A comida do Sal Gastronomia é fraca, mal apresentada e sem qualquer refinamento.

Sal Gastronomia

O sucesso do Masterchef o colocou como um dos chefs mais conhecidos do Brasil. Como consequência, ele deixou de lado a cozinha autoral e transformou o Sal em um restaurante popular, com receitas simplistas.

Não julgo. Pelo contrário, compreendo e respeito, bora ganhar dinheiro. Só acho que a comida poderia ser bem melhor.

steak tartar

Nesta última visita provei 3 entradas. A primeira foi o steak tartar com batatas rústicas (R$ 37), um bom exemplo da simplificação da comida. Filé mignon com tempero básico e ovo frito no lugar da gema crua. Sem muito sabor.

ceviche de linguado

O ceviche de linguado (R$ 39) é sem graça, novamente com tempero muito comedido.

queijo coalho tostado com melado e uva verde

O queijo coalho tostado com melado e uva verde (R$ 24) poderia ter um queijo mais saboroso.

moqueca de banana com peixe grelhado e farofa de coentro

Dos pratos principais, a moqueca de banana com peixe grelhado e farofa de coentro (R$ 79) tem peixe passado, seco. E jogar três folhas de coentro em cima de uma farofa não faz uma farofa de coentro.

magret de pato com purê de mandioquinha

Por último, o magret de pato ao vinho do porto, purê de mandioquinha, banana ouro e cebola caramelizada no capim santo (R$ 148). O pato no ponto correto, mas o molho de vinho do porto é muito, muito doce. Também não vi muito sentido em colocar uma banana crua no prato. Ou duas cebolas meio perdidas.

Sal Gastronomia

Embora a comida não seja grande coisa, o restaurante do Shopping Cidade Jardim é bem agradável, especialmente a área externa ao lado de algumas jabuticabeiras.

Henrique Fogaça

Comi algumas vezes no Sal Gastronomia de Higienópolis antes do Fogaça tornar-se conhecido. Nunca foi meu estilo. Apesar disso, era uma cozinha de personalidade, algo que se perdeu neste cardápio genérico de hoje em dia.

Faz parte do jogo. Só não do meu.

Leia mais: Président, restaurante de Jacquin deixa a desejar e é caríssimo.

Write A Comment