Nessa semana, já em ritmo de festas e verão, a indicação é o vinho Villa Travignoli Rose. Ele é feito de uvas tintas, 60% Sangiovese e 40% Merlot, nas montanhas de Pelago, região da Toscana.

O corte de uvas italianas com francesas são permitidas na Toscana, e possuem uma classificação própria, a IGT (Indicação Geográfica Típica). Essa classificação foi criada como alternativa a DOCG (Denominação de Origem Controlada e Garantida) que tem regras muito estritas e que permitem majoritariamente o uso de uvas italianas, entre outras restrições.

Alguns produtores menos tradicionalistas e com espirito inovador queriam testar novos cortes, principalmente com uvas francesas e resolveram criar essa nova qualificação. Inicialmente a IGT tinha um nível inferior aos DOCG nos critérios de qualidade, o que foi deixado para atrás no decorrer dos anos e representando grandes vinhos como os Super Toscanos.

Voltando ao vinho da semana, este rose de cor clarinha que lembra os roses da região da Provence, conhecida por produzir os melhores roses do mundo. Passam 3 meses em barris de aço inoxidável e não passam por madeira. Tem ótima acidez e frescor, notas de morango, framboesa e flores brancas. Preço por volta de R$60.

Compre o vinho: Villa Travignoli Rose por R$ 56

Saúde!

Vinho da Semana Anterior: Era dos Ventos Peverella 2017

Write A Comment